Agonia das religiões

Compartilhar   E-mail   Imprimir

As religiões aparecem como criações humanas que nascem do esforço do homem para compreender o mundo. Ao conceitua-las o autor lhes nega a origem divina que todas elas se arrogam. Apesar disso, admite as revelações como ocorrências naturais do processo de desenvolvimento do homem na Terra. Não se trata de uma interpretação materialista do fenômeno religioso. O que mais agrada neste livro é o jogo de contradições aparentes que vão se diluindo em fusões naturais dos opostos, não no sentido dialético de luta, mas no sentido (segundo a dialética de Hammeleim) de conjugação complementar dos opostos. Por exemplo: magia e misticismo fundem-se na mitologia. E, mitologia e mística fundem-se nas religiões cristãs.
Nessa seqüência histórica, o autor sustenta que as religiões atuais estão em agonia e vão morrer, como as antigas morreram, o que provocará um novo surto religioso de natureza superior. Como vemos a posição do autor é nova e revolucionária, abrindo novas possibilidades para a compreensão do fenômeno religioso.

ISBN 978-85-88849-50-1

168 páginas • 14x21 cm • R$ 20,00

COMPRAR na loja virtual.

J. Herculano Pires

J. Herculano Pires

J. Herculano Pires foi o que podemos chamar de homem múltiplo. Filósofo, educador, jornalista, escritor, parapsicólogo, romancista, poeta, fiel tradutor de Kardec, em todas as atividades – inclusive, fora do movimento espírita – sua inteligência superior iluminada pelo espiritismo e aliada a uma cultura onímoda e humanística brilhou com grande magnitude, fazendo o público crescer espiritualmente.

Espírita desde os 22 anos de idade (foi menino-prodígio), ninguém no Brasil e no estrangeiro mergulhou tão fundo na obra da codificação kardeciana e ninguém defendeu mais – e com mais competência do que ele – a pureza doutrinária, que colocava acima das instituições e dos homens.

O espírito Emmanuel, por meio do médium Chico Xavier, declarou ser Herculano Pires "o metro que melhor mediu Kardec" e "a maior inteligência espírita contemporânea".

Para saber mais sobre o autor, visite www.herculanopires.org.br.

Últimos livros de J. Herculano Pires

Voltar para o topo